Notícias

Os assuntos de Saúde estão em destaque hoje no Radar em Debate, com a participação especial do secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Téo Cusatis. Participe e mande suas perguntas para os colaboradores da Rádio Metropolitana: o advogado e presidente da OAB de Mogi das Cruzes, Marcelo Inocencio; o cientista político, Afonso Pola; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Suzano e empresário, André Loducca; e o empresário e engenheiro, Leonel Zeferino.

Uma moradora de Itaquaquecetuba pode ter morrido em decorrência de febre amarela. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Mariana Basaglia estava em férias no município de Nazaré Paulista, sentiu-se mal e de lá seguiu direto para o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde recebeu atendimento e morreu no último domingo. Acompanhe as orientações do secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Téo Cusatis, sobre a vacinação da febre amarela. Outros assuntos em destaque são a nova tomografia da UBS Vila Suissa e também a falta de médicos nos postos de saúde da cidade.

Campanha de vacinação da febre amarela está aberta à população. O secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Téo Cusatis, orienta os moradores a procurar os Postos de Saúde para serem vacinados e anuncia que sábado tem Dia D em Mogi. Outros assuntos em destaque são o aumento de 10 leitos na maternidade da Santa Casa de Mogi e a AACD que deve voltar a atender pacientes do Alto Tietê.

Secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Teo Cusatis, colaborador da Rádio Metropolitana, faz um balanço sobre a vacinação contra a febre amarela em Mogi das Cruzes que já vacinou mais de 60 mil pessoas. Outro assunto em destaque é a renovação da frota com cinco novas ambulâncias que vão chegar até o final do ano para o Consórcio Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Cresamu).

Mogi das Cruzes alcança 28% da meta de vacinação contra a febre amarela, mas o secretário de Saúde, Téo Cusatis, alerta que ainda faltam 80 mil pessoas das áreas prioritárias serem vacinadas na cidade. Outro assunto em destaque é a audiência amanhã em Brasília no Ministério da Saúde para definir as datas de entrega, ainda neste ano, das cinco novas ambulâncias para o Consórcio Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Cresamu).