Notícias

Grupo de Ações Especiais Contra o Crime Organizado – GAECO – do Ministério Público de Guarulhos investiga denúncias do transporte clandestino com carros de passeios e outras irregularidades apontadas em documento na cidade de Suzano. Usuários do transporte público denunciam permanência de vans clandestinas: motoristas e cobradores do transporte irregular vêm de Guarulhos e Itaquaquecetuba. População reclama de falta de fiscalização da Prefeitura.

Usuários da Rede de Saúde de Suzano promovem manifestação contra a demissão de médico que atuava no Pronto Socorro. Dr. Carlos Fernando Foganholi foi demitido da Prefeitura sem saber o motivo. Para médico, Saúde de Suzano está caótica. Em nota, a Prefeitura afirma que Dr. Foganholi era contratado por uma Organização de Saúde que presta serviços ao município e que gerencia os funcionários contratados.

Conselheiro Municipal de Assistência Social afirma que Prefeitura de Suzano contratou Casa de Acolhimento de Crianças sem realizar chamamento público. Entidade Luz Divina teve de entregar serviço ao Instituto Viva a Vida. Prefeitura alegou irregularidades na prestação de contas para trocar de entidade.

IPTU para o próximo ano poderá aumentar em até 37% em Suzano. No geral, o aumento médio será de 21%, entretanto em alguns pontos da cidade o imposto poderá chegar a 37%. Os imóveis da região central devem ter o maior reajuste, assim como terrenos e grandes construções da rodovia Índio-Tibiriçá.

A Rádio Metropolitana recebeu uma denúncia anônima dos atletas de futebol da equipe do Suzano que estariam alojados no Estádio Suzanão sem condições de hospedagem. O repórter Fred Rezende esteve por lá conversando com os jogadores e o treinador da equipe, Dinho Dias, e constatou que o local está sem energia elétrica por causa de um furto de relógio de luz. A denúncia foi informada para a Prefeitura de Suzano que até o momento não se manifestou sobre o caso.