Notícias

O assunto em destaque agora é a febre amarela e os pontos de vacinação no Alto Tietê. Em Mogi das Cruzes, 9 mil doses da vacina vão ser aplicadas a partir das 8 horas em alguns Postos da cidade. Prefeitura vai enviar hoje ao Ministério da Saúde o pedido de mais um lote com 187 mil vacinas contra a febre amarela e se dispor a armazenar no município o volume destinado à Região.

Febre amarela: em Mogi das Cruzes os Postos de Saúde não vão vacinar hoje. Doses ainda existentes estão sendo aplicadas hoje no Mercado Municipal, no Centro da Cidade, e no CIP, no bairro do Mogilar. Os pontos de vacinação em Mogi já estão com longas filas desde a madrugada. No Alto Tietê, registros de tumultos e pânico dos moradores fez com que a direção do Condemat fizesse um apelo à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para o envio de doses em quantidades suficientes para atender toda a população.

Os assuntos de Saúde estão em destaque hoje no Radar em Debate, com a participação especial do secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Téo Cusatis. Participe e mande suas perguntas para os colaboradores da Rádio Metropolitana: o advogado e presidente da OAB de Mogi das Cruzes, Marcelo Inocencio; o cientista político, Afonso Pola; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Suzano e empresário, André Loducca; e o empresário e engenheiro, Leonel Zeferino.

Uma moradora de Itaquaquecetuba pode ter morrido em decorrência de febre amarela. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Mariana Basaglia estava em férias no município de Nazaré Paulista, sentiu-se mal e de lá seguiu direto para o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde recebeu atendimento e morreu no último domingo. Acompanhe as orientações do secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Téo Cusatis, sobre a vacinação da febre amarela. Outros assuntos em destaque são a nova tomografia da UBS Vila Suissa e também a falta de médicos nos postos de saúde da cidade.

Suzano é o oitavo município com mais emendas liberadas (R$ 2,5 milhões) – destes, R$ 1,3 milhão é de autoria do deputado estadual Estevam Galvão: R$ 120 mil para entidades assistenciais, R$ 300 mil para ampliação do Samu e R$ 900 mil para o custeio da Santa Casa. Acompanhe a entrevista do deputado destacando os assuntos importantes pra a região do Alto Tietê.