Repercussão da fala e o pedido de desculpas de Eduardo Bolsonaro sobre o ‘novo AI-5’

0

Repúdio a fala sobre ‘novo AI-5’ obriga Eduardo Bolsonaro a se desculpar. Em entrevista à jornalista Leda Nagle, feita na segunda-feira e publicada na manhã de ontem, o deputado disse que se caso acontecesse uma radicalização da esquerda, a resposta poderia vir via “um novo AI-5”. A declaração foi dada depois que a jornalista perguntou sobre os acontecimentos políticos em países vizinhos, como a eleição da chapa de Cristina Kirchner na Argentina e os protestos no Chile. Mais tarde, o filho do presidente se desculpou, e disse que houve uma “interpretação deturpada” do que foi falado e afirmou que não há uma proposta para a volta do ato institucional decretado durante a ditadura militar e que afronta a Constituição de 1988. ‘Repugnante’, ‘absurdo’: políticos e entidades repudiam declaração.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por @marileischiavi em

Share.

Comments are closed.