domingo, maio 24

Delegado Seccional de Mogi e Região, Jair Barbosa Ortiz, esclarece como registrar B.O. durante quarentena

Uma proposta que permitirá a circulação de pessoas em delegacias de São Paulo durante a pandemia do novo coronavírus gerou divergências entre representantes das Polícias Civil e Militar, em função de possíveis falhas. A proposta pretende substituir o Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado nas delegacias, pelo Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) da PM, feito no local da chamada. A ação é vista como uma maneira de evitar aglomerações nos DPs (Distritos Policiais). A divergência é porque os delegados não querem que os PMs saiam das posições de patrulhamento para fazer o registro de TCO. Outro assunto comentado pelo delegado Seccional de Mogi das Cruzes e da Região do Alto Tietê, Jair Barbosa Ortiz, é como orientar o cidadão para procurar uma delegacia para fazer um boletim de ocorrência e quando abrir um TCO, além de esclarecer como as pessoas que não tem acesso à internet podem fazer o registro da ocorrência

Comments are closed.