Notícias

Agora no Radar Noticioso a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Mara Bertaiolli, destaca a Campanha Outubro Rosa e Novembro Azul que vai ser lançada hoje incentivando a prevenção e orientação sobre o câncer de mama e próstata, além de outros assuntos. 

Click aqui e acompanhe a Rádio Metropolitana AM 1070 ao vivo.

12038391_882649618476514_3785872101040088759_n

 

Mogi das Cruzes quer reduzir gastos com atendimento médico à Região. Saúde mogiana aplica 15% do orçamento em assistência a pacientes vindos de cidades do Alto Tietê e Capital. Acompanhe a cobertura completa da audiência pública na Câmara Municipal.

Click aqui e fique ligado na Rádio Metropolitana AM 1070 ao vivo.

12042604_882616265146516_6035605149097163998_n

 

O Meu Bom Dia Especial de Hoje vai para a querida Cristiane Yonezaki. Ela é uma grande mulher que hoje comemora idade nova e uma virada na vida como praticante de Jin Shin Jyutsu. Dedicada, ela está disseminando essa arte milenar japonesa com atendimentos especiais para ajudar as pessoas a se harmonizar diante da vida. Bacharel em Fonoaudiologia e Mestre em Distúrbios da Comunicação Humana, a Cris é a minha entrevistada no “Radar com Marilei” que estreia hoje, às 22 horas, no Canal 26 da Net Cidade Mogi das Cruzes ou no site marilei.com.br. Aproveito a mensagem para desejar Feliz Aniversário com muita saúde e muitas realizações na sua trajetória, Cris!!! Parabéns…
Aprendizados…
Um dia, quando Cheng acreditava estar pronto para assumir a condição de liderar seu povo, foi conversar com seu mestre, e este lhe perguntou: “Observe este rio, qual a importância dele?”

Eles se encontravam no alto de uma montanha. Cheng observou o rio, o seu vale, a vila, a floresta, os animais e respondeu: “Este rio é a fonte do sustento de nossa aldeia. Ele nos dá a água que bebemos, os frutos das árvores, a colheita da plantação, o transporte de mercadorias, os animais que estão ao nosso redor e muito mais. Nossos antepassados construíram estas casas aqui, justamente por causa dele. Nosso futuro também depende deste rio.”

O monge Ling colocou a mão na cabeça do discípulo e pediu-lhe que continuasse a observar. Os meses se passaram e o mestre procurou Cheng. “Observe este rio, qual a importância dele?” repetiu a pergunta ao discípulo.

“Este rio é fonte de inspiração para nosso povo. Veja sua nascente: ela é pequena e modesta, mas com o curso do rio, a correnteza torna-se forte e poderosa. Este rio nasce e tem um objetivo: chegar ao oceano, mas para lá chegar terá de passar por muitos lugares e por muitas mudanças. Terá de receber afluentes, contornar obstáculos. Como o rio, temos de aprender a fluir.”

Os meses se passaram e novamente e o mestre voltou a perguntar a Cheng: “Observe este rio: qual a importância dele?”
“Mestre, este rio me mostrou que é observando que aprendemos. Não aprendo quando as pessoas me dizem algo, mas sim quando as coisas fazem sentido para mim.”