Monthly Archives: outubro, 2014

O Meu Bom Dia Especial de Hoje vai para a querida Andrea Del Fuego. Ela é uma jovem escritora brasileira que hoje vai participar de um bate-papo com leitores de Suzano no Projeto “Viagem Literária”. O evento vai ser realizado a partir das 9 horas na Biblioteca Pública Municipal “Profª Maria Eliza de Azevedo Cintra”, do Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi”. A atividade é gratuita e dedicada ao leitor juvenil e adulto, público leitor de seus livros. O projeto é uma parceria da Secretaria de Cultura com o governo do Estado de São Paulo. Natural de São Paulo, Andrea Del Fuego é estudante de Filosofia na Universidade de São Paulo (USP) e a mais nova integrante da geração de escritores brasileiros. Ganhou em 2011 o Prêmio José Saramago, que reconhece méritos em obras publicadas em Língua Portuguesa de escritores que tenham 35 anos ou menos de idade na data de publicação das obras. Venceu com o seu primeiro romance, “Os Malaquias”. O segundo livro da escritora é “As Miniaturas”. Andrea é autora, também, da trilogia de contos “Minto Enquanto Posso”, “Nego Tudo” e “Engano Seu”; e dos juvenis “Sociedade da Caveira de Cristal”, “Quase Caio” e “Irmãs de Pelúcia”. Conquistou o prêmio Literatura Para Todos, do Ministério da Educação, com a novela” Sofia, o Cobrador e o Motorista”.

Ser feliz é uma decisão

Uma senhora de 92 anos, delicada, bem vestida, com o cabelo bem penteado e um semblante calmo, precisou se mudar para uma casa de repouso. Seu marido havia falecido recentemente e a mudança se fez necessária, pois ela era deficiente visual e não havia quem pudesse ampará-la em seu lar.
Uma neta dedicada a acompanhou. Após algum tempo aguardando pacientemente na sala de espera, a enfermeira veio avisá-las que o quarto estava pronto.
Enquanto caminhavam, lentamente, até o elevador, a neta, que já havia vistoriado os aposentos, fez-lhe uma descrição visual de seu pequeno quarto, incluindo as flores na cortina da janela.
A senhora sorriu docemente e disse com entusiasmo:

– Eu adorei!

– Mas a senhora nem viu o quarto. Observou a enfermeira.
Ela não a deixou continuar e acrescentou:

– A felicidade é algo que você decide antes da hora. Se eu vou gostar do meu quarto ou não, não depende de como os móveis estão arranjados, e sim de como eu os arranjo em minha mente. E eu já me decidi gostar dele.
E continuou:

– É uma decisão que tomo a cada manhã quando acordo. Eu tenho uma escolha, posso passar o dia na cama remoendo as dificuldades que tenho com as partes de meu corpo que não funcionam há muito tempo, ou posso sair da cama e ser grata por mais este dia. Cada dia é um presente, e meus olhos se abrem para o novo dia das memórias felizes que armazenei. A velhice é como uma conta no banco, minha filha, de onde você só retira o que colocou antes.

“Na juventude, deve-se acumular o saber. Na velhice, fazer uso dele”, Jean-Jacques Rousseau.

Na mesa para o debate hoje estão os advogados Dr. Paulo Passos e Dr. Dirceu do Valle, os professores Nabil Francisco de Moraes e Mario Sérgio de Moraes, e o cientista político Profº Afonso Pola. Não perca:
#rescaldoeleitoral
#reformapolitica
#economia
#muitomais

Click aqui e acompanhe a Rádio Metropolitana AM 1070 ao vivo.

10710720_712367725504705_1919341367898434189_n

Ministério Público Estadual entra com ação para reduzir retirada de água do Alto Tietê. Justiça determina que o Sistema passe por perícia. Governador Geraldo Alckmin pede ajuda do Governo Federal para enfrentar crise de água em São Paulo.

Click aqui e acompanhe a Rádio Metropolitana AM 1070 ao vivo.

10401987_712344875506990_1931811344433025655_n

O Radar Noticioso começa agora. Fique por dentro de tudo o que acontece na região do Alto Tietê, no Brasil e no Mundo.

Click aqui e acompanhe a Rádio Metropolitana AM 1070 ao vivo.

10703921_712330128841798_562363070801938162_n

O Meu Bom Dia Especial de Hoje vai para a querida Isabela Freitas Camargo Ferraz. Ela é uma querida ouvinte do “Radar Noticioso”, da Rádio Metropolitana AM 1070, que ontem fez questão de enviar uma mensagem para o meu facebook com uma imagem: “28 de outubro. Dia do Servidor Público. Gente Cuidando de Gente”. Ontem foi o seu dia, Isabela, uma funcionária pública que faz o seu melhor trabalhando em prol dos cidadãos. Em seu nome, eu deixo aqui o meu carinho a todo o funcionalismo público, em especial da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes que me atendem tão bem e sempre acompanham o meu programa. Aliás, cuidar das pessoas é o grande lema da mensagem que trago hoje aqui na coluna do Dat porque “a vida é realmente um espelho”. Obrigada Isabela! Fica aqui o meu carinho especial para você com uma história que toca fundo ao coração…

 
A vida é um espelho

Ele quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas, percebeu que ela precisava de ajuda. Assim parou o seu carro e se aproximou. Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada.
Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto. Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse: “Eu estou aqui para ajudar madame. Não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, o meu nome é Renato”.

Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade avançada era ruim o bastante. Enquanto ele apertava as porcas da roda, ela abriu a janela e começaram a conversar. Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Ela perguntou quanto devia.
Renato não pensava em dinheiro, aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade e Deus já lhe havia ajudado bastante. Este era o seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. E respondeu: “Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar”. E acrescentou: “e lembre-se de mim”.

Alguns quilômetros depois a senhora parou o seu carro num pequeno restaurante e entrou para comer alguma coisa. A garçonete veio até ela e trouxe uma toalha limpa para que pudesse secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso. A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude.
A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco, podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Renato. Após terminar a sua refeição, enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem reais, a senhora se retirou. Ela queria saber onde a senhora poderia ter ido, quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual havia mais 4 notas de cem reais. Existiam lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu. Dizia: “você não me deve nada, eu já tenho o bastante. Alguém me ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar, não deixe este círculo de amor terminar com você, ajude alguém”.

Aquela noite, quando foi para casa cansada e deitou-se na cama, seu marido já estava dormindo e ela ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixou escrito. Como pôde aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto?
Ela ficou pensando na bênção que havia recebido, agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado. Deu-lhe um beijo macio e sussurrou: “Tudo ficará bem. Eu te amo Renato!”. A vida é assim, um espelho. Tudo o que você transmite volta para você, e geralmente em dobro.

1 2 3 4 22